quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Kalendas ReGenesis




Falamos do réveillon como se estivéssemos falando de um portal que se atravessa e jamais pode voltar... Como se o que encontrássemos dentro deste portal fosse totalmente diferente do que estava para trás. Tola esperança humana, de achar que as coisas melhorarão por si só. Será que explodir cores em forma de bombas no ar ajuda a purificá-lo? E fazer com que as coisas deem certo? Ou talvez encher a cara com a famosa substancia frisante que estoura nessa época, para assim esquecer dos erros?
Acho melhor pular sete ondas e jogar sal pelo ombro esquerdo, que tal? Tempo, tempo, ficamos apenas esperando...
Um dia inteiro para comemorar a espera! A espera de um novo dia, pessoas confraternizam e ficam de olho no relógio, até fazem contagem regressiva; Mas contagem para o que? O que vai acontecer de tão interessante? Ah! O relógio vai mexer o ponteiro de minuto alguns graus.
O problema é que os olhos que estão compenetrados na mudança de segundos, não mudam e para eles o mundo não muda... O mundo é o que vemos dele e principalmente o que fazemos dele! Se você precisa salgar umas batatas fritas atrás de você, jogar sal pelo ombro pode até servir, mas se quer um mundo melhor acho que precisará fazer mais que isso!

Não que as pessoas estejam erradas, elas só não querem fazer certo. Ficam esperando a virada para fazer votos e promessas de mudança por que acham que por ser uma virada de ano isso faz com que essas mudanças não possam dar errado... Já deram, pois você esperou o ano virar para fazê-las!

Tente começar uma promessa no momento em que perceber que precisa mudar! A maioria das mudanças acontecem quando você não fica esperando que elas mudem. Pense no modo como age e tente se corrigir no momento em que o erro acontece, se policie! E se discipline! Mas tente ver o lado bom das coisas acima de tudo! O mundo é o que você vê dele! O que faz dele!


e... Feliz Ano Novo!!!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

.Vá.C.u0. profundo


Eu literalmente estava pesando no que escrever, afinal conheço tantos assuntos interessantes e filosóficos ou apenas curiosos, mas não me vem nada. Tento pensar no que tem acontecido de diferente na minha vida para comentar e, não me vem nada. Leio outro blog para ter alguma inspiração e não me veio nada.

Esse vácuo profundo que suga tudo e não me deixa expelir nada de interessante...
...tudo tão monótono, mais uma chuva, mais algumas palavras... que inútil, minhas palavras até parecem poesia, Ridículo! É engraçado como o nada é capaz de encher tantas linhas não!?
Considerando que tudo é relativo de forma que o nada pode ser tudo e tudo nada...
...nem vale a pena continuar a linha acima, alias linha é o que me falta de raciocínio, algum nexo, algum sentido... sentido... Ahh! que preguiça tenho coisas para fazer e o que penso é: que mesmice, sem nada para fazer!

A "TEXTura: sentado em frente ao computador com cara de sono com a janela aberta ao lado com aquele calor de verão sumindo e vindo uma brisa gélida ao som de pássaros, os quais não tenho idéia o nome. Que sono... se pelo menos Promethea me desse alguma idéia, ou quem sabe Calíope... O jeito é esperar o Sandman pra me jogar areia nos olhos... Boa noi... tarde... (espreguiça)(boceja)(e vai descansar e mente inquietamente vazia)(e se foi(fui))...


sobraram apenas os pontinhos........ ....... ... .

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Último Atlante???

Já que estou ainda no começo do blog explicarei o porque de seu nome. "Memórias e idéias" é para ficar mais filosófico e reflexivo mesmo; agora o último atlante requer uma explicaçãozinha de 600 páginas, porém resumirei aqui em apenas um postagem. Atlante é aquele que descende de Atlantis ou Atlântida... (age of aquarius tocando ao fundo) Antes que pense que sou apenas um hippie sem noção que gosta destas coisas esotéricas, explicarei o porque deste título. Não que eu seja ou realmente acredite que seja o ultimo atlante, detalharei bastante porque este é o tema do quadrinho que estou criando, portanto parte é a minha compreensão dessa história. O conceito por trás disso vem da mitologia, onde Atlântida foi devastada e sumiu do mapa após ser engolida pelas águas(entre outros desastres como terremotos e vulcões). Porém o motivo dela ter sumido foi a ganância, o egoísmo, o racismo dentre outros defeitos encontrados na sociedade moderna. Supostamente Atlântida teria uma tecnologia avançadíssima até mesmo em genética, uso de cristais, manipulação de energia, etc. Apesar de tudo, é dito também sobre esse continente que o povo era muito evoluído espiritualmente antes de começarem a deixar a espiritualidade para se concentrar em tecnologia, economia, política, ou seja, poder!
Após esse fanatismo pelo poder sobraram poucos com grande espiritualidade, os quais tinham amor pela natureza e por toda a vida na terra e eram "da paz" e tudo mais. Após a inundação do continente alguns deste sábios conseguiram sobreviver migrando em barcos.(arca de noé?)
Finalizando, essa história fala de uma civilização altamente desenvolvida cega pela tecnologia e o poder que ela causa sem se dar conta de que está se destruindo.(isso me lembra algo...)
Os poucos que sobreviveram espalharam todo esse conhecimento. Por curiosidade e por gostar de mitologia me penso como parte destes pensadores. Percebo que estamos no mesmo barco.

Será que só eu percebo a ligação entre a lenda e digamos a nova civilização capitalista?
...até o império romano caiu, estados unidos está bambo, mas quem vai cair, se cair não vai ser só ele não é?...

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Centelha

Aqui começo, por incrível que pareça, meu primeiro blog!

...Não faço para outros, apesar de outros poderem lê-lo à vontade, faço por mim...

...afinal escrever é o melhor remédio(depois de rir)...

(big) BANG


Tudo tem um começo, aqui começo minha vida no mundo dos blogs. No começo as idéias são fracas e demoram para sair, porem mais para frente estarei viajando em assuntos que surgirem do meu cotidiano...


Estou aceitando elogios, dicas e principalmente críticas.


...no momento nenhuma ideia pífia, então encerro aqui mesmo...